Cultura

Renata Rosa Weixter

Unidades de Saúde distribuem máscaras feitas pela Boa Vista a paciente

Por Anderson Salles, postado em 29/04/2020
Fotos Claudio Postay

Desde o dia 20 deste mês, o uso de máscaras, que já era recomendado pelo Ministério da Saúde, passou a ser obrigatório para toda a população das cidades com risco alto para o coronavírus. A recomendação continua sendo o isolamento social, mas se for necessário sair de casa, o acessório de proteção passou a ser essencial.


Em Cariacica, 6.000 máscaras foram produzidas pela Escola de Samba Independente de Boa Vista, e distribuídas para a população do município como medida de proteção contra a pandemia de coronavírus. A iniciativa é fruto de uma parceria entre a agremiação e a Secretaria Municipal de Cultura (Semcult). 


De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (Semus), as 28 Unidades de Saúde do município receberam as máscaras. “Além das Unidades de Saúde, as máscaras também foram distribuídas em asilos e entregues às pessoas em risco de vulnerabilidade. É muito importante dar esse suporte à população, nesse momento”, explica a gerente de Atenção Primária, Ana Beatriz Duarte.


As máscaras são distribuídas em embalagens com duas unidades. Elas  são de tecido em algodão e podem ser reutilizadas, após lavagem com água sanitária, obedecendo às recomendações /do Ministério da Saúde.


O estudante Vitor Hugo Pereira Dias, 28anos, recebeu a sua máscara na Unidade de Saúde de Santa Fé e aprovou a iniciativa. “Fiquei surpreso. Gostei muito da ideia, porque é sempre bom ter mais de uma em casa”.

banner