Governo

Mary Lucy Gomes de Souza

Dia do Idoso: Procon realiza fiscalização em financeiras e correspondentes bancários

Por Tatiana Moura, postado em 03/10/2019
Fotos Claudio Postay

Em comemoração ao Dia Internacional do Idoso, celebrado no último dia 01, o Procon Municipal está realizando, ao longo da semana, fiscalização à financeiras e correspondentes bancários. O objetivo é verificar as condições e concessões de crédito nos estabelecimentos.

“A criação da lei 10.741, o Estatuto do Idoso, representou um grande avanço na vida dessa parcela de nossa população, que frequentemente é vítima de assédio comercial de bancos e financeiras, assédio esse focado na oferta de empréstimos consignados”, afirma a coordenadora do órgão, Nicole Pinheiro.

Segundo a coordenadora de Fiscalização, Andrea Moraes da Silva, durante a fiscalização foi constatado que as financeiras estão cumprindo a resolução de fornecer aos clientes cópia de contrato especificando juros, entre outros encargos. Por outro lado, não oferecem declarações especificando o indeferimento do crédito, conforme exigido na lei estadual  8.866/2008.

“Também foram constatados falta de guichês específicos para idosos especiais (àqueles com mais 80 anos), ausência de senha eletrônica com horário de atendimento e falta de banheiro para de uso comum aos consumidores”, explica.

Nicole reforça que os idosos precisam ter cautela, principalmente, com o crédito consignado, aquele cujas prestações são descontadas diretamente na folha de pagamento. Embora essa linha de crédito seja, às vezes, atrativa devido à facilidade de obtê-la e dos juros mais em conta, é fundamental que sejam analisadas, com cuidado, todas as cláusulas do contrato.

De acordo com o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) quem mais sofre esse tipo de assédio são os aposentados que ganham até dois salários mínimos, ou seja, R$ 1.996,00.

“Inclusive o empréstimo consignado é uma das principais causas de endividamento de idosos no país e, também, de reclamações no órgão”, comenta Nicole.     

banner