] Prefeitura Municipal de Cariacica
Gerência de Monitoramento Ambiental

Comanda, gerencia e supervisiona as ações e estudos, projetos e programas ambientais, no setor público ou privado. Auxilia na execução do Plano Municipal de Saneamento Ambiental. Gerencia atividades voltadas para a arborização urbana, paisagismo e conservação de áreas e recursos naturais. Administra as Unidades de Conservação e outras áreas naturais protegidas.

Telefone: 3354-5403

E-mail: monitoramentoambiental@cariacica.es.gov.br


Parque Natural Municipal Manguezais do Itanguá

Bairros próximos:

Porto de Santana
Tucum
Itacibá

Área: 37,47 hectares
E-mail: crn.semmam@cariacica.es.gov.br
Criação: Decreto Municipal Nº 48/2007.

O Parque Natural Municipal Manguezais do Itanguá foi criado em 2007 visando a preservação de ecossistemas naturais de grande relevância ecológica, possibilitando a realização de pesquisas científicas e o desenvolvimento de atividades de educação e interpretação ambiental, de recreação de contato com a natureza e turismo ecológico.


Parque Natural Municipal do Monte Mochuara

Bairros próximos:

Novo Brasil
Zona rural

Área: 440,75 hectares
E-mail: crn.semmam@cariacica.es.gov.br
Criação: Decreto Municipal Nº 31/2007

O Parque Natural Municipal do Monte Mochuara foi criado em 2007 visando a preservação de ecossistemas naturais de grande relevância ecológica e beleza cênica, possibilitando a realização de pesquisas científicas e o desenvolvimento de atividades de educação e interpretação ambiental, de recreação em contato com a natureza e turismo ecológico, preservação das manifestações culturais e artísticos de forma a contribuir com o turismo sustentável, incentivo as boas práticas de manejo do solo e uso dos recursos hídricos, contribuir com redução da desigualdade social e da discriminação racial por meio de programas e projetos sócio-ambientais.

Área de Proteção Ambiental do Monte Mochuara

Bairros próximos:

Novo Brasil
Zona rural

Área: 2.618,24 hectares
E-mail: crn.semmam@cariacica.es.gov.br
Criação: Decreto Municipal Nº 32/2007.

A Área de Proteção Ambiental do Monte Mochuara foi criada em 2007 com objetivo de garantir a conservação do conjunto paisagístico e da cultura regional protegendo e preservando os afloramentos rochosos de relevante valor paisagístico, os remanescentes florestais, primários ou estagio secundário de sucessão ecológica, a vida selvagem, principalmente as espécies ameaçadas de extinção e as manifestações culturais e artísticas em consonância com a preservação ambiental.

Reserva de Desenvolvimento Sustentável Municipal do Manguezal de Cariacica:

Novo Brasil
Porto Engenho
Porto das Pedras
Vila Cajueiro
Pica-Pau
Flexal II
Porto Novo
Nova Canaã

Área: 740,34 hectares
E-mail: crn.semmam@cariacica.es.gov.br
Criação: Decreto Municipal Nº 77/2007.

Foi criada em 2007 com o objetivo preservar a natureza e, ao mesmo tempo assegurar as condições e os meios necessários para a reprodução, à melhoria dos modos e da qualidade de vida e exploração dos recursos naturais pelas populações tradicionais, bem como valorizar, conservar e aperfeiçoar o conhecimento e as técnicas de manejo do ambiente desenvolvido por estas populações, consoante os seguintes objetivos específicos:

I – disciplinar os procedimentos e a utilização de equipamentos de pesca e captura artesanal ecologicamente corretos;
II – Incentivar a realização de pesquisas científicas para o conhecimento do ecossistema existente visando o uso sustentável da área;
III – desenvolver na comunidade local, nos empreendedores e nos visitantes, uma consciência ecológica e conservacionista sobre o patrimônio natural e os recursos ambientais;
IV – assegurar o espaço comum e a sustentabilidade dos recursos naturais como patrimônio ambiental e social, para os moradores e suas futuras gerações;
V – fortalecer a organização comunitária e propiciar condições para a gestão participativa e corresponsável dos bens ambientais;
VI – criar condições para a melhoria da qualidade de vida dos moradores através do desenvolvimento de atividades auto-sustentáveis;
VII – compatibilizar as atividades econômicas instaladas na Reserva como o uso sustentável dos recursos naturais;
VIII – disciplinar os novos usos a serem implantados em consonância com a sustentabilidade ambiental, econômica e social da área;
IX – harmonizar o desenvolvimento local com a preservação dos valores culturais;
X – estimular a realização de parcerias para a viabilização da implantação e gestão da reserva.