Instituto de Desenvolvimento do Município de Cariacica - IDESC

Jorge Eduardo Araújo Saadi

Pequenos empreendedores da Economia Solidária recebem cestas básicas

Por Anderson Salles, postado em 04/05/2020
Fotos Claudio Postay

Teve início na manhã desta segunda-feira (04), a entrega de cestas básicas pelo Instituto de Desenvolvimento do Município de Cariacica (Idesc), para os trabalhadores que fazem parte da Rede de Economia Solidária de Cariacica (Ecosol). Artesãos, catadores de coleta seletiva, integrantes de agricultura familiar e produtores de alimentos artesanais foram beneficiados. Todos têm como fonte de renda, a economia solidária.

O objetivo é diminuir os impactos da pandemia do coronavírus na vida dessas pessoas. Até quarta-feira (06), 73 cestas serão distribuídas. A entrega acontece a partir das 9 horas, na sede do Idesc, na Rua Antônio Leonardo da Silva, 43, em  Alto Lage. Para ter direito às cestas, o pequeno empreendedor deve estar cadastrado na Gerência da Economia Solidária, pois os trabalhadores beneficiados fazem parte da Rede de Economia Solidária de Cariacica (Ecosol).

O Idesc fez  o agendamento das entregas.  A intenção é evitar aglomerações desnecessárias. Cada pessoa foi informada, por telefone, sobre o seu dia e horário de retirada dos alimentos.

A catadora de material reciclável Matília Maria de Lourdes Alves, 64 anos, acordou cedo, hoje, para receber a sua cesta. Ela comemorou a iniciativa: “É uma ajuda que chegou na hora certa. Nosso trabalho ficou muito prejudicado por causa do coronavírus e está difícil até ter o que comer em casa”, conta ela, que pertence à Associação de Catadores Flex Vida.

Outro beneficiado pela cesta básica foi Edilson Arcolano Falcão, 64 anos, que atua na Associação Beneficente dos Catadores de Materiais Recicláveis em Nova Rosa da Penha II (Acamarp). Ele tem no trabalho de reciclagem, a sua única fonte de renda. “Dei graças a Deus por receber essa cesta. Tenho família para sustentar e com essa crise do coronavírus ficou complicado. Estamos sobrevivendo dessas doações”, disse, se referindo às iniciativas da Prefeitura de Cariacica.

“A distribuição de cestas básicas aos empreendedores solidários é uma forma de reduzir os efeitos provocados pela Covid-19 na economia. No nosso município, temos um Centro Público para escoamento de grande parte da produção dos pequenos empreendedores. Porém, o mesmo se encontra fechado, o que ocorre também com as feiras de artesanato que não vêm sendo realizadas. Desta forma, a renda dessas pessoas foi drasticamente reduzida”, diz o diretor-presidente do Idesc, Jorge Eduardo Saadi.

banner