Saúde de Cariacica faz transporte de pacientes para outras cidades e diminui tempo de espera por consulta

À princípio, Cristiany e sua avó Zuleica pensavam que não tinham muita opção. Ou esperavam mais de mês para um atendimento médico especializado perto de casa, em Cariacica mesmou ou cidades vizinhas, ou aceitavam a consulta em uma data mais próxima, porém, longe de casa.


Mas como uma senhora de 81 anos, sofrendo com perda de audição, que é o caso de Zuleica Estana Rangel, sairia de casa com segurança, encararia uma BR até o local da consulta, em Guarapari?


A resposta veio do setor de remoção da Secretaria Municipal de Saúde (Semus). “Quando saiu a liberação para o exame de audiometria em Guarapari, fiz contato com a secretaria para ver se tinha um lugar mais perto. Mas uma consulta em um lugar mais próximo iria demorar mais de um mês. Aí eles me deram a opção do Transporte Sanitário”, relata Cristiany Samanta Rangel, 28 anos, advogada..


Transporte Sanitário é um serviço oferecido pelo setor da Semus que regula as vagas para consultas de especialidades médicas, que são ofertadas pelo Estado. O transporte é disponibilizado para pacientes que possuem consultas, exames e cirurgias em cidades que não fazem limite com Cariacica.  Já foram atendidos pelo menos 600 pacientes desde que o serviço foi iniciado, em maio.


O Transporte Sanitário faz também a locomoção intra hospitalar de urgência e emergência básica. Pacientes debilitados, com dificuldade de locomoção, também podem usar o serviço, mesmo dentro do município. Podem ser incluídos nesses casos pacientes que passam por hemodiálise, quimioterapia, fisioterapia que estejam acamados.


“E foi tudo muito rápido. Fiz o protocolo numa quarta-feira. Na sexta, me deram o retorno de que estava tudo certo. Alguns dias depois, estava a caminho de Guarapari”, conta Cristiane. “De outro jeito, poderia ter demorado uns três meses”, especula


Como usar
Para ter acesso ao transporte, o paciente deve dar entrada no setor de protocolo, no Centro Administrativo da Semus, na Avenida Kleber Andrade, bairro Rio Branco, Cariacica. Fica aberto das 8h às 16h. O caso será analisado por uma equipe multiprofissional, formada por enfermeiro, assistente social, médico e motorista.


Para casos em que há a necessidade de acompanhante, é preciso um laudo médico com essa indicação. É feita uma visita domiciliar para ratificar ou não a necessidade de acompanhante. O paciente tem de ser do SUS.


Alta hospitalar
O serviço foi usado também pelo pequeno Joseph e sua mãe, Rosileina Pereira, 24 anos. Nascido em 30 de maio deste ano, Joseph adoeceu logo após nascer e precisava ficar em uma Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (Utin), onde foi tratado por dois meses. A questão é que só havia vaga em São Mateus, para onde foi levado de ambulância.


Mas, recuperado após duas semanas de internação, como voltar? E assim o serviço de Transporte Sanitário foi acionado. Nos casos em que o paciente não pode arcar com a volta para casa após a alta hospitalar, o paciente também pode recorrer ao serviço.


“Eu não sabia como iria voltar, eu não tinha condições de voltar de São Mateus. Aí me orientaram sobre o que fazer quando chegasse lá. De São Mateus, a assistente social entrou em contato com a prefeitura. Foi muito bom, a viagem foi tranquila, o condutor também”, destaca Rosi.


Serviço - Transporte Sanitário


O que é: Serviço de transporte disponibilizado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semus) a pacientes que necessitam fazer exames e consultas em municípios que não façam limite com Cariacica. Pacientes com dificuldades de locomoção também podem solicitar o serviço de transporte sanitário para atendimentos dentro do município.


Como solicitar: É preciso dar entrada no setor de protocolo no Centro Administrativo da Semus, na Avenida Kleber Andrade, bairro Rio Branco, das 8h às 16h.


Levar os seguintes documentos:


- Identidade
- CPF
- Cartão do SUS
- Comprovante de residência
- Formulário preenchido, disponibilizado no setor de protocolo
- Cópia do comprovante de atendimento