Educação

José Roberto Martins Aguiar

Pais satisfeitos com desempenho de filhos no projeto Escola + Cariacica

Por Alcione Coutinho, postado em 12/06/2019
Fotos Lucas Calazans

O sonho de Lucas é ser piloto de avião, o de Emanuelle e ser médica, já o de Isabelle é trabalhar com crianças, ainda não definiu a carreira, mas, a única certeza da menina é que não quer parar de estudar. Meses atrás essa capacidade de sonhar e acreditar em alcançar conquistas não fazia parte dos planos dessas crianças. Isso só aconteceu após a Secretaria Municipal de Educação (Seme) implantar nas escolas da rede o projeto Escola + Cariacica. Os três são estudantes da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) São Jorge, em Rio Marinho, que na noite desta terça-feira (11) sediou a oitava reunião do programa.

Desde março, o projeto melhorou a aprendizagem dos alunos, diminuiu a evasão escolar e, com isso, espera reduzir os números de reprovação. O Escola + Cariacica não é apenas um reforço escolar. “Há toda uma organização da Seme para que o trabalho e a garantia da aprendizagem dos alunos tenha um resultado de sucesso. Além disso, o projeto será monitorando frequentemente, a fim de observar a evolução do aluno no processo”, destacou o secretário de Educação, José Roberto Aguiar. Nesse projeto, mais de seis mil alunos serão beneficiados com atividades de Português e Matemática, que serão mescladas com atividades culturais, artísticas e esportivas.

O diferencial desse trabalho é que todos são envolvidos para que os bons resultados sejam alcançados: alunos, pais, professores, família e gestores. “Depois que minhas filhas passaram a fazer parte do projeto elas estão mais dedicadas. Todos os dias, depois da escola, dedicamos um tempo para o dever de casa. Resolver exercícios de Português e Matemática já faz parte da nossa rotina. É cansativo, exige mais dedicação, mas, o resultado é gratificante. Uma das minhas filhas já até pensa em ser médica", frisa cheia de orgulho, a dona de casa Edilene Miranda de Souza, mãe das gêmeas Emanuelle e Isabelle, alunas do 5º ano.

Quem também já percebe a mudança de comportamento e os bons resultados do projeto é a dona de casa Dayane Lembrança. Ela é mãe do Lucas, o garotinho que sonha em ser piloto de avião. “Antes, ele era bem preguiçoso. Agora, já chega da escola querendo fazer o dever de casa. Perder aula, então? Nem pensar. Lucas está sentindo-se motivado e mais envolvido com as atividades escolares. Estou adorando ver meu filho assim”, ressaltou Dayane. 

Para que o envolvimento dos pais seja cada vez maior com o Educação + Cariacica, os encontros promovidos pela Seme são sempre voltados para estreitar a relação aluno/escola. Por isso, a cada reunião os pais são convidados a participar de uma palestra cujo tema é “A importância da parceria da família com a escola”, ministrada pelo especialista em gestão pública e gestão na educação, Lucas Fonseca. Antes da palestra, crianças do projeto Semearte, da Seme, realizaram uma apresentação de dança.

Projeto

O projeto começou em 18 de março e beneficia 6.100 estudantes com aulas de Língua Portuguesa e Matemática, mescladas com atividades culturais, artísticas e esportivas. Ao todo, são 420 professores envolvidos e motivados a recuperar o interesse e diminuir a evasão escolar. Para as turmas do 5º ano o projeto acontece simultâneo com as aulas. Para os alunos do 6º ao 9º, o ‘Escola Mais’ acontece no contraturno.

Além de aprimorar a qualidade do ensino da rede municipal e proporcionar aos alunos mais ferramentas para a formação em Português e Matemática, o projeto tem como objetivo aumentar da nota do município no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). A nota do Ideb é resultante do Prova Brasil, que é aplicada a cada dois anos. Em 2015, a meta foi alcançada. Já em 2017 os resultados não atingiram o resultado estimado pelo índice.

O programa é realizado pela Secretaria Municipal de Educação (Seme), por meio do Plano de Ações Articuladas (PAR) com o financiamento do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Seminários

O ‘Escola Mais Cariacica’ acontece ao longo do ano, e para estimular o envolvimento das famílias junto ao estudante, serão realizados nove seminários. A primeira etapa será concluída no próximo dia 18 deste mês.

Os encontros funcionam da seguinte forma: em cada região uma escola é eleita a instituição ‘polo’, àquela que vai ser palco das reuniões. Nessa primeira etapa foram realizados sete encontros, que contam com a participação da Seme e palestras motivacionais para os pais. Os seminários já passaram pela Emef Talma Sarmento de Miranda, Emef Manoel Melo Sobrinho, Emef Terfina Rocha Ferreira, Emef Valdici Alves Baier, Emef Oliveira Castro, Emef Laurinda Pereira do Nascimento, Emef Antero José do Nascimento.

Na sexta-feira (18), às 18h30, a reunião na Emef Padre Anthonius Lute, em Nova Esperança, fechará a primeira etapa do projeto.

banner