Patrimônio Cultural

Os Bens Culturais formam o que chamamos de Patrimônios Históricos e Artísticos. O Patrimônio Cultural não é simplesmente algo envelhecido, ele é resultado da ação ou pensamento humano. Entende-se que um bem cultural é digno de conservação por se tratar de uma manifestação humana que de alguma forma representa nossa cultura, nossos pensamentos e até mesmo nossas emoções.

O contato com esses bens culturais permitem acesso a uma cultura coletiva, e se constitui em um processo dinâmico, pois acaba por potencializar a reflexão e o senso crítico. Além de tudo, o Patrimônio Cultural pode ser entendido como uma espécie de referencial social, nesse sentido, pode impulsionar à transformação social, potencializar a criatividade, desenvolver o enriquecimento cultural.

A visão do Patrimônio Cultural como um bem comum a todos os brasileiros é decreto de lei de 1937 (Getúlio Vargas) e chega até nós através da constituição de 1988. E em âmbito Municipal, nosso PDM em seu Art. 1º orienta-nos que a política de preservação e valorização se deve valer sobre um patrimônio a partir de suas manifestações materiais e imateriais, e enquanto órgão público,é nosso dever desenvolver ações que fortaleçam a identidade, a valorização e a preservação da memória e dos lugares de memória.

Acreditamos que a valorização, tanto da materialidade como a função social dos Patrimônios Culturais do nosso município, são essenciais para manutenção de uma coletividade cariaciquense, pois resguardam a capacidade de nos mostrar as transformações no tempo-espaço pela qual passou nosso município, assim como viabilizar a construção e a manutenção de nossa história local.

Legislação

Artigos